Danila Comastri Montanari

italian

french

english

spanish

german

romanian

greek

polish

portuguese

russian

 

chinese

Publio Aurelio

UM INVESTIGADOR NA ROMA ANTIGA

 

Cave canem EDITORIA RECORD

 

Cave canem, ou cuidado com o cão, é um aviso freqüente na típica domus romana, uma grande casa familiar. Durante seu retorno a Roma após um período de repouso em Baia com a amiga Pompônia, Públio Aurélio se detém em uma dessas casas. A villa pertence ao abastado plebeu Cneu Pláucio, e se debruça sobre o lago Averno, a mítica porta para o reino dos Infernos.

Logo ao chegar, porém, o senador-detetive tem uma péssima surpresa: Pláucio Ático, filho de Cneu, é encontrado morto no tanque das moréias. Por isso, o hóspede é convidado pelo patriarca a se demorar no local, a fim de servir de testemunha na redação de um novo testamento.

Nesse período, conhece toda a família, que abriga mulheres ardilosas, a começar por Paulina - a matrona que foi obrigada a se divorciar do primeiro marido para se unir a Cneu -, passando por Plautila, a amante de um senador, a bela viúva Helena e sua jovem filha, Névia. Novos crimes se sucedem e Aurélio descobre que paira sobre os Pláucio uma maldição: uma sombria profecia diz que peixes, aves e insetos devorarão as árvores do jardim da villa, com exceção da velha figueira. Mas Aurélio, como bom epicurista, não acredita em vaticínios.
 

 

Natural de Bolonha, com dois diplomas superiores, três gatos, marido e filha, Danila Comastri Montanari é a rainha inconteste do romance policial histórico italiano. Criadora da série protagonizada por Públio Aurélio (que está em seu 12º volume), a autora é hoje unanimidade entre crítios e leitores na Itália e no exterior.Seu detetive de toga e laticlavo foi publicado, entre outros países, na França, Alemanha, espanha, Grécia, Holanda e Romênia.

 

IMMAGINI - VIDEO You tube (Todos os livros) - LINKS
 

 

CAVE CANEM

Em uma villa no lago Averno, a mítica porta para o reino dos Infernos, três homens da mesma família morrem inesperadamente, concretizando uma misteriosa profecia. Entretanto, Públio Aurélio não acredita em milagres ou vaticínios. O inquérito é dificultado pela presença de várias mulheres perigosas - Plautila, a amante de um senador; Helena, uma bela viúva; sua jovem filha, Névia; a aristocrática matrona Paulina, entre outras.